ENZIMAS DIGESTIVAS 60 CÁPSULAS

ENZIMAS DIGESTIVAS 60 CÁPSULAS

R$ 75,00

Age como potente digestivo de material morto proteico. Sua eficácia é aumentada na presença de ativadores que estimulam sua potência digestiva, como a uréia, que desnatura proteínas por ação solvente e desnatura material necrosado permitindo que fique mais susceptível a digestão enzimática.
Auxiliar na digestão de proteínas em pacientes com dispepsia crônica e gastrite. Foi indicada como nematicida porque a camada externa da cutícula de vários nematóides é constituída por uma queratina resistente às proteases intestinais, mas não a outras enzimas proteolíticas estranhas ao organismo e que, digerindo a queratina, provocam em um segundo a morte dos parasitas.

Calcular Frete
Forma de Envio Custo Estimado Entrega Estimada

R$ 75,00

Adicionar ao Carrinho
Comprar Agora
SKU: enzimas-digestivas-60-capsulas Categoria: Tags:

PAPAINA


É uma enzima alcalóide, provém do látex do fruto verde do mamoeiro (Carica papaya), encontrado comumente no Brasil. Trata-se de uma mistura complexa de enzimas proteolíticas e peroxidases, que provoca a proteólise do tecido desvitalizado.
A enzima possui amplo espectro de especificidade, os peptídeos, aminas, ésteres e tioésteres são todos susceptíveis para hidrólise catalítica da papaína. Mostrou ótimos resultados como antiinflamatório. Possui um látex que age sobre o aparelho gastro-intestinal, no qual esta pepsina vegetal exerce ação notável semelhante à do suco gástrico. É composta por enzimas proteolíticas e peroxidasses: papaína, quimiopapaína A e B e papayapeptidase.


Mecanismo de ação
Age como potente digestivo de material morto proteico. Sua eficácia é aumentada na presença de ativadores que estimulam sua potência digestiva, como a uréia, que desnatura proteínas por ação solvente e desnatura material necrosado permitindo que fique mais susceptível a digestão enzimática.
Auxiliar na digestão de proteínas em pacientes com dispepsia crônica e gastrite. Foi indicada como nematicida porque a camada externa da cutícula de vários nematóides é constituída por uma queratina resistente às proteases intestinais, mas não a outras enzimas proteolíticas estranhas ao organismo e que, digerindo a queratina, provocam em um segundo a morte dos parasitas.

PROTEASE

A protease é uma enzima capaz de quebrar (hidrolisar) ligações peptídicas ente os aminoácidos das proteínas. O processo é denominado clivagem proteolítica, um mecanismo comum de ativação ou inativação de enzimas envolvidas principalmente na digestão e na coagulação sanguínea. Como uma molécula de água é utilizada no processo, as proteases são classificadas como hidrolases.
As proteases representam uma classe de enzimas com importantes papéis em processos fisiológicos. Estas enzimas estão envolvidas em processos biológicos essenciais, como a coagulação sanguínea, morte celular e diferenciação de tecidos. Várias etapas proteolíticas importantes ocorrem no mecanismo invasivo de tumores, assim como no ciclo de infecção de um grande número de vírus e microrganismos patogênicos. Estes fatos tornam as proteases um alvo quimioterápico valioso para o desenvolvimento de novos compostos farmacêuticos.

 

PANCREATINA

A reposição enzimática é necessária sempre que houver secreção pancreática insuficiente, o que causa o aparecimento dos sintomas de má digestão. As enzimas pancreáticas ingeridas por via oral são essenciais para promover a adequada transformação dos diversos nutrientes em partículas absorvíveis. Assim, a lipase hidrolisa as gorduras, a amilase hidrolisa os carboidratos e a protease hidrolisa as proteínas.A Pancreatina é um extrato pancreático obtido a partir do pâncreas bovino ou suíno. Por ser de natureza protéica, a pancreatina só deve ser administrada em comprimidos ou cápsulas ácido resistentes para poder atuar no nívelintestinal, posto que a secreção ácido-péptica gástrica a inativa. Na insuficiência pancreática, o uso destas enzimaspode diminuir a esteatorréia e normalizar o equilíbrio do nitrogênio ao corrigir a perda protéica por má digestão.

 

BROMELINA

A principal função da bromelina (ou bromelaína) é auxiliar na digestão, já que atua na quebra de proteínas e outros nutrientes. Em conjunto com a papaína (enzima presente no mamão), ela consegue acelerar bastante o processo digestivo, sendo indicada para quem quer acelerar o metabolismo. Por isso, o consumo de abacaxi e mamão pode ser altamente benéfico. Um ponto interessante é que essas duas enzimas são muito usadas pela indústria de alimentos para amaciar diferentes tipos de carnes.

 

LIPASE

A lipase é uma enzima digestiva produzida principalmente no pâncreas e tem como função quebrar a gordura da alimentação em moléculas menores, para que assim possam ser absorvidas pelo intestino. Além do pâncreas, a boca e o estômago também produzem um pouco de lipase para facilitar a digestão.

TOMAR 1CÁPSULA 2X AO DIA JUNTO COM AS REFEIÇÕES

COMPOSIÇÂO

PAPAINA 50MG
PROTEASE 100MG
PANCREATINA 200MG
BROMELINA 50MG
LIPASE 25MG

Peso 0.3 kg
Dimensões 7 × 7 × 7 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “ENZIMAS DIGESTIVAS 60 CÁPSULAS”

O seu endereço de e-mail não será publicado.